04/02/2010

O Burro no Poço


O burro de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: Concluiu que o burro já estava muito velho e que o poço já estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o burrode dentro do poço.Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço.

O burro não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele, e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o burro aquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou. O camponês olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. A cada pá de terra que caía sobre suas costas o burro a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando...

A vida vai lhe jogar muita terra, todo o tipo de terra, principalmente se você já estiver dentro de um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela. Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra que te jogam para seguir adiante.

Recorde as 5 regras para ser feliz:
  1.  Liberte o seu coração do ódio.
  2.  Liberte a sua mente das preocupações.
  3.  Simplifique a sua vida.
  4.  Dê mais e espere menos.
  5.  Ame mais e... Aceite a terra que lhe jogam, pois ela pode ser a solução, não o problema.
Recebi de uma amiga por e-mail.

5 comentários:

Alexandre disse...

ela fica com raiva pq eu disse que eu prefiro burro a cavalos..

Aninha Dallora disse...

Cavalos são muito mais bonitos ><!

Fernando Seabra disse...

Hahahahaha
Concordo com a Ana! ;)

E esse texto é ótimo!

Talita disse...

Geeente!
:)

Aninha Dallora disse...

Texto da Tata =D

Busca

Aninha



Arquivo do blog